Segurança no trabalho

Segurança no trabalhoA profissão de técnico em segurança do trabalho foi criada no Brasil em 1985. De acordo com a Classificação Brasileira de Ocupações (CBO), faz parte das atribuições desse profissional elaborar técnicas em segurança, participar da elaboração e implementação de políticas de saúde e segurança no trabalho, identificar variáveis de controle de doenças, acidentes, qualidade de vida e meio ambiente, entre outras atribuições, que visem melhorar a qualidade de vida do trabalhador tornando o ambiente de trabalho mais saudável e seguro. Para lembrar esse profissional, 27 de novembro foi instituído o dia do técnico em segurança do trabalho.

De acordo com o Ministério do Trabalho, cabe às empresas contratar esse profissional para que eles façam parte dos Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (SESMT). As equipes do Sesmt podem, ainda, ser integradas por engenheiros de segurança do trabalho, médicos e enfermeiros do trabalho, além de auxiliar de enfermagem do trabalho.

Um exemplo do que um profissional do SESMT pode fazer por uma empresa ou órgão público vem sendo desenvolvido na Agência Goiana de Regulação, Controle e Fiscalização de Serviços Públicos (AGR). O SESMT da autarquia em 2014 promoveu seis campanhas, palestras e ações mais práticas, como a implantação da ergometria nos equipamentos e a distribuição de bloqueadores solar para os servidores que desempenham suas funções externamente.

Dalva Franco, técnica de segurança no trabalho AGR explica, que a qualidade de um ambiente de trabalho é importante para o rendimento das atividades. “Funcionários mais saudáveis e com melhor qualidade de vida, trabalham com mais disposição”, afirma ela.

Fonte: http://www.dm.com.br