Publicado em: 24 de julho de 2015

Quando as doenças pulmonares podem ser provocadas pelas condições de trabalho

Quando as doenças pulmonares podem ser provocadas pelas condições de trabalhoA exposição a agentes específicos, como a poluição do ar, gases, fumos ou partículas nocivas pode provocar asma ocupacional, rinite ocupacional, DPOC (Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica), câncer de pulmão e pneumoconioses as quais apresentam seus sintomas agravados na estação seca do ano. Já a asma e a DPOC têm causas múltiplas e podem ser desencadeadas por hábitos pessoais, como o tabagismo, pela exposição a gases e vapores.

Ambientes onde há a presença de agentes com potencial de causar reações no sistema respiratório, como gases, vapores, névoas, neblinas e aerossóis, exigem um trabalho específico de identificação e gestão desses elementos. “O ideal é tentar eliminar, substituir ou isolar o elemento que afeta o trabalhador. Quando isso não é possível, a opção é reduzir o tempo de exposição do trabalhador e fazer uso de equipamentos de prevenção individual”, detalha Januário Micelli, presidente da AGSSO (Associação de Gestão de Segurança e Saúde Ocupacional).

O controle das emissões pode ser feito por meio de encapsulamento, ventilação ou exaustores de fumos, sendo que sua higiene e manutenção são vitais para a eficiência do sistema. “Também é muito importante informar os trabalhadores sobre os alérgenos aos quais estão expostos e quais são as práticas seguras de trabalho, bem como monitorar periodicamente sua saúde para checar eventuais anomalias”, completa.

Fonte: http://revistacipa.com.br