Publicado em: 4 de janeiro de 2016

Os pés

Os pés são um ponto bastante vulnerável e bastante propício aos acidentes do trabalho. O chão sobre o qual eles se deslocam frequentemente é irregular. Sua superfície pode ser áspera ou lisa e escorregadia. Pode estar seca ou molhada. E quase sempre existem objetos pérfuro-cortantes (pregos, rebarbas metálicas, etc.). Com relação às superfícies de trabalho, deve-se escolher um calçado que tenha um solado adequado, isto é, projetado de maneira a impedir que algum dano possa afetar o usuário, como por ex., um solado de PVC com um desenho antiderrapante para tarefas em locais escorregadios.

O ponto crítico da proteção dos pés, no entanto é a biqueira do calçado de segurança, a grande maioria dos acidentes com os pés ocorre por choque contra obstáculos, na parte dianteira dos calçados que podem ocorrer devido:

Surgimento de um obstáculo imprevisto à frente do trabalhor-degrau, canto vivo, etc.;
Queda de um corpo sobre o pé – martelo, uma carga, etc.;
Pressão estática sobre o pé, como a passagem de uma roda de vagão, locomotiva, caminhão ou empilhadeira, etc.

Portanto, a biqueira deve ser resistente. Sendo de aço, este material deverá ser temperado de forma que ofereça uma rigidez que suporte elevadas cargas, mas, ao mesmo tempo, flexibilidade para resistir a um choque dinâmico sem romper-se e sem deformar-se, de maneira a por em risco a segurança do usuário. É importante, ainda que o calçado de segurança seja confortável.

A grande maioria dos empregados trabalha em pé e uma forma anatômica, que permita a liberdade de movimentos, sem pontos de tensão e compressão é fundamental para permitir um desempenho satisfatório do trabalhador durante a jornada de trabalho. Observe as condições do seu calçado, pois estando em mau estado, logicamente maltratam seus pés. Dê uma olhada em seu calçado, verifique se está com a sola gasta (perigo de escorregar), a sola furada ou as laterais tortas. Se estiver, requisite um novo para a proteção dos seus pés.

Lembre-se que os sapatos são testados para durar no mínimo 6 meses. Mas caso de não durarem, procure o técnico de segurança. Ele autorizará a retirada de um novo. Calçados limpos dão uma melhor aparência. Tenha-os bem engraxados para proteger o couro. Caso venha a molhar, enxugue-os longe do calor.

Procure cuidar dos seus pés. Qualquer anormalidade, procure um médico porque os seus pés trabalham com você. Lembre-se, existem muitas maneiras de destruirmos nossos pés e artelhos. Mas, só existe uma maneira excelente de protegê-los, usando CALÇADOS DE SEGURANÇA.

Fonte:http://www.blogsegurancadotrabalho.com.br

 

Notícias Relacionadas