Fabricação de calçados de segurança para construção civil

Os calçados de segurança servem para proteger os pés de ferimentos ou doenças no local de trabalho e o seu uso é bem diversificado: é usado nas áreas agrícola, agroindústria, produção, construção civil, estaleiros, frigoríficos, hospitais, indústria alimentícia, eletrônica, energética, mecânica, forças militares, policiais e em setores como mineração, montadoras, pavimentação, prestadores de serviços, reflorestamento, serviços de saúde, serviços gerais (limpeza) e muitos outros.

As características a incorporar no calçado dependem da análise de riscos de cada posto de trabalho, isto é, o fabricante deve primeiro conduzir uma análise dos riscos a que o trabalhador esteja sujeito e fabricar um calçado que tenha características de proteção aos riscos inerentes a atividade.

Particularmente, na construção civil os calçados de segurança devem reunir elementos que ajudem a evitar que o pé do trabalhador sofra perfurações, cortes, esmagamento, queimaduras e/ou doenças provocadas por objetos metálicos, fios elétricos, concreto, argamassas ou outros materiais comumente encontrado nos canteiros de obra.

Os calçados segurança para este segmento podem ser botas de segurança ou sapatos de segurança. As botas, feitas de termo-plásticos, com solado antiderrapante, são usadas em locais úmidos, inundados ou com presença de ácidos e podem ter canos até as virilhas. Os sapatos são de uso permanente na obra. A versão de calçados de segurança com biqueira de aço protege de materiais pesados que possam cair nos pés do usuário.

O equipamento de proteção individual, de fabricação nacional ou importada, só pode ser posto à venda ou utilizado com a indicação do Certificado de Aprovação – CA, expedido pelo órgão nacional competente em matéria de segurança e saúde no trabalho do Ministério do Trabalho e Emprego.

Fonte: http://www.sebrae.com.br