Diminuem os acidentes de trabalho na construção civil

A construção civil ocupa o terceiro lugar no número de acidentes de trabalho

construcao civilSegundo dados do Ministério do Trabalho e Emprego, em 2012, até novembro, ocorreram 65 acidentes graves em Minas Gerais, com 88 mortes. Em Belo Horizonte foram registrados 15 eventos que deixaram 11 mortos. O ministério vem registrando desde 2008 sensível redução nos acidentes no trabalho, em geral, em todo o país.

Dados de 2010 indicam 701.496 emissões de Comunicação de Acidente de Trabalho (CAT). Em 2008, esse número chegou a 755.980 casos. O número de óbitos foi de 2.712 em 2010, contra 2.817 em 2008. Na análise de setores específicos da indústria, os que apresentaram maior número absoluto de acidentes de trabalho em 2010 foram as atividades de produção de alimentos e bebidas, com 59.976 ocorrências, e o setor da construção civil, com 54.664 registros.

O Sindicato da Indústria da Construção Civil (Sinduscon-MG) criou em 1992 o Serviço Social da Construção Civil no Estado de Minas Gerais (Seconci-MG) por iniciativa de empresários do setor, visando a melhoria da qualidade de vida dos trabalhadores na construção e de seus dependentes.

Entre as diversas ações da entidade está o investimento nos canteiros de obra, de forma a garantir a segurança e, consequentemente, aumento da produtividade, fomentando a adoção de comportamento de prevenção permanente voltado para a redução substantiva dos riscos que possam comprometer a saúde e colocar em risco a segurança do trabalhador.

São palestras, treinamentos, cursos de formação para a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa), avaliações preventivas de riscos, distribuição de material educativo, requalificação e controle médico e saúde ocupacional, entre outros.

Fonte: http://www.protecao.com.br

 

 

Notícias Relacionadas