Publicado em: 12 de novembro de 2012

Calçadistas de Franca, SP, importam máquina que imprime calçados em 3D

Senai investiu R$ 1,2 milhão para comprar equipamento de Israel. Tecnologia imprime protótipo em silicone que pode ser testado.

Um equipamento importado de Israel que imprime protótipos de produtos em 3D promete acelerar a produção de calçados nas fábricas de Franca (SP). A novidade, que recentemente passou a ser utilizada por alunos do curso de design de calçados no Senai, em parceria com algumas empresas da cidade, gera a expectativa de reduzir, em todo o segmento, o tempo de concepção de sapatos e acessórios em couro como bolsas.

Com capacidade de imprimir objetos em vários formatos, consistências e cores, a máquina pode ser aplicada em todo o processo de produção, do detalhamento até a fase de testes do projeto final, reduzindo a possibilidade de erros na confecção dos produtos.

Anteriormente aplicado em outros setores, como o da construção civil, o equipamento demandou um investimento de R$ 1,2 milhão do Senai e reduz a produção do protótipo de um solado, um dos processos mais lentos da produção calçadista, de duas semanas para poucas horas.

O sistema em três dimensões imprime a forma desenhada no computador em um material composto por silicone e termoplástico. No processo convencional, o projeto digital é esculpido em madeira para depois ser reproduzido em silicone. Além de ser mais rápido, o novo processo reduz a possibilidade de erros de medida. “De acordo com a flexibilidade do solado do protótipo, é possível montar o solado e fazer o teste de calço”, disse o instrutor de formas e solados do Senai, Alberto Lima.

Para o empresário Jânio Rodrigues Silva, além do tempo de elaboração ser menor, a tecnologia em 3D reduz os custos de produção. Com o método tradicional, ele diz gastar em média R$ 50 mil e dois meses de trabalho para fazer no mínimo dez moldes diferentes de solado e ainda sim correr riscos. “Com essa máquina, podemos fazer de verdade um solado e até aplicá-lo no calçado”, afirmou.

Fonte:  http://g1.globo.com/sp/ribeirao-preto-franca/noticia/2012/11/calcadistas-de-franca-sp-importam-maquina-que-imprime-calcados-em-3d.html